Menu

Senta que lá vem a história – Silent Hill

O primeiro console da Sony foi berço de ótimos jogos e foi local de nascimento de várias séries e foi a consolidação de estilos. Um deles, o survival horror (que eu adoro :P), nos deixou boquiabertos e amedrontados, com criaturas saídas dos melhores livros de ficção que saltavam pra cima de você sem dó nem piedade, provocando alguns descolamentos intestinais (pra não falar cagaços :P).

Silent hill talvez tenha sido um dos títulos mais obscuros dessa era, causando um misto de excitação e medo, euforia e adrenalina cada vez que o rádinho de pilhas começava com sua estática amedrontadora.

Se você quer passar um medinho, Senta que lá vem a história

 

O primeiro jogo da série teve o titulo de Silent Hill e foi concebido pelo japonês Keiichiro Toyama e lançado em 1999 para play station e conta a saga de Harry Mason que juntamente com sua esposa adotaram uma menininha que encontraram na beira da estrada abandonada dando o nome de Cheryl para a bebe.

No começo do jogo 7 anos mais tarde Cheryl e Harry estão viajando a caminho da cidadezinha de Silent Hill, estranhos eventos começam a acontecer antes mesmo que eles adentrem a cidade e tudo fica muito louco após os dois se acidentarem por conta de um vulto que atravessou seu caminho. Então Harry começa sua jornada perturbadora pelas ruas e prédios de Silent Hill.

O jogo causou um furor na época pela sua produção caprichosa com gráficos exuberantes para o PSOne, fato que teve que ser trabalhado usando a neblina como “amaciador” de bordas, digamos assim, e “mascarador” para a fraqueza do console, que, iria ficar travando com o jogo feito da maneira que foi imaginado.

Você encontra mais informações no video abaixo.

Em 2001, foi lançado para Ps2, xbox e PC, Silent Hill 2 que nos trouxe de volta a cidade macabra após os eventos do primeiro jogo. Poréééém, o jogo não foi uma seqüencia direta do primeiro título, o que causou estranhismo entre os gamers da época. Dessa vez encarnávamos James Sunderland, que se aventura na cidade após receber uma carta de sua falecida esposa Mary, dizendo que o esperava no seu “lugar especial” (dentro de silent hill? fala sério!!!). O game trouxe novamente toda a essência que fez do primeiro um sucesso, sendo assim também coroado e bem falado pela critica, o jogo está recheado de puzzles e monstros assustadores, agora você pode escolher a dificuldade dos puzzles além da dificuldade do jogo.

Nessa obra prima do PS2 enfrentamos pela primeira vez o temível Pyramid Head e sua espada especial para empalar aventureiros desprotegidos. (urghh)

Assim como o primeiro jogo vários finais são possíveis dependentes de escolhas feitas e da pontuação final do jogador.

Silent Hill 3 deu seqüência na história do primeiro jogo, 17 anos depois. Tudo começa em um sonho de Heather Mason que está em um parque de diversões, ao acordar ela se depara com um mundo perturbado e cheio de inimigos tentando impedir sua evolução e a descoberta do seu passado.

A jogabilidade é a mesma nos 3 primeiros games da série, mantendo uma câmera em 3ª pessoa, porém não a mesma dos jogos de tiro, um sistema de “cameras” parecidos com do Resident Evil, todo o horror da série vem da imersão do gamer em um mundo grotesco, bizarro e cheio de sons e imagens que mechem com o psicológico de qualquer pessoa que se aventure a jogar essa pérola do terror.

Apartir de um jogo idealizado como um sucessor de silent hill mas que não seguiria a série nasceu The room, jogo que acabou ganhando a alcunha de Silent hill 4: the room pouco antes do seu lançamento. O jogo não segue a serie principal, sua história nem ao menos se passa na cidade aterrorizada dos jogos anteriores. A cidade agora é Ashfield, aonde, o novo protagonista Henry Towshend está preso em seu apartamento, e de lá precisa sair.

Henry nos leva a uma série de passagens e ambientes aterrorizantes na tentativa de escapar de um serial killer, porém acaba se afundando numa teia de insanidade e grotesquices.

O jogo fez com que alguns fãs e criticos torcessem o nariz, justamente por ser diferente dos títulos prévios. O jogo usa dois estilos de camera, dentro do quarto henry vê o mundo com uma câmera FPS e fora em TPS.

Derivado do mesmo suco elementar dos games anteriores em 2007 nasceu Silent Hill: Origins ou Silent Hill: 0 (zero). Esse foi o primeiro a ser lançado em um portátil, o PsP e mais tarde foi lançado para Ps2.

Dessa vez o protagonista da história é Travis Grady, um caminhoneiro assombrado pelos seus pesadelos, o game começa quando Travis resolve pegar um atalho passando por dentro de Silent Hill (mas que falta de opção). Quando ele estava já passando por Silent Hill ele avista um vulto que o faz parar seu caminhã dai depois disso é só jogando mesmo para saber. O game recebeu em sua maioria notas altas pela midia especializada.

No mesmo ano foi lançado o primeiro título a estrear nos consoles da geração passada PS3 e Xbox 360 assim como no PC. Silent Hill Homecoming primeiramente chamado de Silent Hill V. Ele nos conta a história de Alex Shepherd que volta a sua cidade após um mal pressentimento sobre seu irmão mais novo. O jogo é bom, várias inovações e uma jogabilidade fluída, maaaaas não conseguiu agradar a todos, por ter se tornado um game “fácil”, mas mesmo assim conseguiu boas notas perante a critica.

Shattered memories marcou a entrada da série no Wii e foi lançado para Ps2 e Psp mais tarde, ele trás novamente Henry mason em busca de sua filha Cheryl em uma reimaginação do primeiro game da série. Mas o jogo trata Henry como um paciente psiquiátrico o que nos trás um final chocante. O jogo é muito bom sendo aclamado por gamers e midia.

Silent Hill Downpour prometeu trazer novamente o arrepio nas nossas espinhas, com visuais chocantes e grotescos o game não deixa nada a desejar, com um enredo cativante e aprisionador ele nos bota na pele de Murphy Pendleton um prisioneiro fugitivo, pelas ruas de Silent Hill, após ser ajudado por outros personagens, ele consegue desvendar todos os mistérios dessa enevoada cidade.

Para o próximo ano esperamos o lançamento de Silent Hills uma superprodução que promete um reboot na série, porém mantendo os melhores aspectos dos games originais. O game está sendo desenvolvido por Hideo Kojima(sim o Kojima do Metal gear) e dirigido por Guillermo del Toro com a atuação de Normam Reedus o Daryl de The Walking Dead (Direção? Atuação?).

O game sairá para o consoles da geração atual como também para PC. Só nos resta esperar (ansiosissimos).

 

Então galera, é isso por essa semana, espero que tenham gostado, se sim, curtam nossa page no facebook, se inscrevam no meu canal o Canal do polaco, sigam me no Twitter e fiquem por dentro de tudo que está acontecendo no universo gamer.

Aooooowwwwwwwwwwwwww

Efraim
Fifa, CoD, Xbox, Flamengo, mangás, filmes de terror, livros e toneladas de games antigos e nostalgia!

No comments

Deixe uma resposta

Parceiros

Steam Brasil LoboLimão Centro RPG Lab Indie
Mundo Gamer PodTerror

Anunciantes

Aglomerando - Agregador de conteúdo
Uêba - Os Melhores Links GeraLinks - Agregador de links Piadas Idiotas - São idiotas mas o faz rir Tedioso: Os melhores links LinkLog MeusLinks.com - Informação e conteúdo todos os dias para você! Agregador de Links - Madruga Links 4Blogs - Agregador de conteúdo Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!