Menu

Primeiras Impressões – Crônicas de Camélia 2: Tália

E aê pessoal, que tal mais um jogo em RPG Maker para você se descontrair. Sei que alguns têm preconceito com jogos em RPG Maker, mas se lembrem de que eles tendem a compensar as limitações com um ótimo enredo e criatividade, como vimos nos últimos jogos e veremos também em Crônicas de Camélia 2, um jogo com um toque de comédia!

Crônicas de Camélia 2: Tália

Ao iniciar o jogo eu já faço um desafio a vocês! Quero ver quem se lembra dessa música nostálgica a nossa infância!

Ao iniciar o jogo temos nós deparamos com a narrativa

“Já aconteceu de você estar com um problema que não sabe como resolver e, subitamente, a solução te apareceu?

Ou talvez você tenha estado numa situação difícil e do nada encontra forças para escapar.

É divertido não é?

Mas não é para falar disso que estamos aqui.

Me diga você gosta de histórias?”

E temos a primeira pergunta do jogo. Depende da sua escolha os textos mudam e temos a impressão de que de fato alguém estar conversam com a gente, não com o nosso personagem, mas sim você, o jogador.

De fato fiquei curioso para saber com o jogo iria reagir as diferentes respostas que eu desse, confesso que o dialogo é mais interessante quando você nega as respostas, mas se quiser como é esse dialogo terá de baixar o jogo, pois aqui irei mostrar os primeiros minutos concordando o narrador do jogo.

Ao informamos que gostamos de história, nós é apresentado a história de uma ilha, onde nasceu um rei chamado Megisto, um rei amado que ganhou um dragão e vida eterna para guiar seu povo.

Tudo era feliz, até a chegada dela, a bruxa terrível, por não ganhar a vida eterna do Dragão, invocou um castelo e exercito para combatê-los. Após uma batalha entre os reinos, a bruxa foi derrotada, porém o rei foi amaldiçoado e estava a morrer.

Nem a visita de vários magos foi capaz de acabar com a maldição, forçando a colocar o rei em um sono profundo até que um dia alguém fosse capaz de acabar com a maldição.

Mesmo derrotada e presa em uma torre sem seus poderes, o Dragão deu a vida eterna que tanto a bruxa queria, para sofrer a solidão presa na torre.

Após está história antiga, podemos ver uma garota chamada Milla, que esta acordando e por isso nosso narrador deve seguir seu caminho agora.

Mas antes dele partir, você pode fazer uma pergunta entre as opções, mas lembre-se é apenas uma pergunta, pois Milla esta acordando, então a escolha sabiamente.

Após a sua escolhe e obter a resposta para a sua pergunta, o jogo começa com Milla acordando no meio da floresta e logo a poderemos controlar.

Simplesmente não sabemos o que estamos fazendo nessa floresta escura, apenas que alguém precisa de nossa ajuda, logo devemos sair à procura desta pessoa. Ao seguir nosso caminho somos abordados por 3 soldados.

E logo terás a escolha do que fazer, algo que tem se tornando bastante comum de jogos de sucesso hoje em dia como Beyond Two Souls. Cabe a sua escolha dizer para os soldados que simples acordou nesta floresta ou mentir para eles.

Caso opte por mentir (O que eu fiz), Milla informa que se perdeu durante sua viagem e não faz a menor ideia de onde veio parar. Porém os soldados não acreditam tão facilmente em sua mentira e a questionam de onde veio.

Porém acabamos por descobrir que estamos em uma ilha, logo há oceano para todos os lados, embora nem todos os três soldados concordem com essa afirmação. Mas uma coisa é certa, Milla está encrencada e sabe disso.

Com um toque de humor a conversa entre Milla e os soldados fluem até iniciar a primeira batalha do jogo.

O sistema de batalha do jogo é bastante similar a outros jogos em RPG Maker, porém com algumas diferenças como a posição do seu personagem. Após essa batalha percebemos que Milla não é uma garota qualquer por conseguir derrotar os três soldados.

Após derrotar os soldados que narram sua derrota como a morte em Hamlet, você poderá seguir seu caminho e explorar a ilha, para que possa entender como foi parar lá e se essa é a mesma ilha da história contada no inicio do jogo.

Se gostou do jogo e que saber o que Tália tem a ver?! Bom, pode baixa-lo gratuitamente no final do post.

Conclusão

Algo que me anima bastante ao jogar um RPG Maker, como falei no inicio do post, é o fato de que para compensar os recursos gráficos e outras limitações, eles investem bastante no enredo, em envolver o usuário no jogo e na criatividade, e tenho visto bastante isso no Centro RPG.

Crônicas de Camélia 2 é um desses jogos, com narrativa e enredo envolvendo. Porém como o próprio nome diz, acredito que esteja seja o segundo jogo. Vi que não influencia em nada nesse, mas gostaria de ver o que um tem relação com esse jogo.

Crônicas de Camélia 2: Tália

Criador do Jogos Indie, amante de jogos, terror, música, anime e programação. Estudante de mestrado com foco em jogos na educação. Louco por Resident Evil e... sei lá, acho que é isso O.o

No comments

Deixe uma resposta

Parceiros

Steam Brasil LoboLimão Centro RPG Lab Indie
Mundo Gamer PodTerror

Anunciantes

Aglomerando - Agregador de conteúdo
Uêba - Os Melhores Links GeraLinks - Agregador de links Piadas Idiotas - São idiotas mas o faz rir Tedioso: Os melhores links LinkLog MeusLinks.com - Informação e conteúdo todos os dias para você! Agregador de Links - Madruga Links 4Blogs - Agregador de conteúdo Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!